quarta-feira, dezembro 07, 2011

O começo com trilha sonora

Comecei a namorar ao som do Cazuza ('Faz parte do meu show') e do Ivan Lins (todas as românticas possíveis). Meu primeiro namorado gostava de tocar violão, e sempre que tirava uma música, era em minha homenagem. Me lembro dele comprando as revistas com as músicas cifradas para estudá-las... naquela época, ainda não existia internet, coitado.

Desde então, conheci muitas músicas das quais nunca tinha ouvido falar. Foi ele quem me apresentou a tipos bacanas da MPB, como o Ivan, o Milton, o Chico, e alguns de fora, como o Renaissance e o Led Zeppelin. É claro que eu já tinha escutado essa gente toda, mas nunca tinha ouvido com o coração.

Desde então, a música ganhou outro significado pra mim. Curiosamente, eu e meu marido não temos uma "música tema", uma música que nos lembre um do outro... ele diz que sempre lembra de mim quando escuta a Sade, 'Your love is king'. Eu sempre lembro dele quando escuto o Yes, 'The gates of delirium'. Mas, não temos uma música nossa.

Quem sabe isso não seja algo a se descobrir no próximo ano?

Para quem não conhece...

Yes - The Gates of Delirium


Sade - Your Love is King

2 comentários:

PRG disse...

Tomara que não seja "ai,ai, ai assim você me mata". Ashes are burning é uma das melhores do Renaissance. Eu queria ver um Led Zeppelin acústico

Arquitetura Organizacional disse...

Ah, mas no papel de apresentador de novas músicas, nenhum namorado (a) consegue competir com a last.fm ou mesmo com o grooveshark. Além das ótimas sugestões, a gente não precisa fazer cara-de-até-que-é-legalzinha quando não gosta da música, o site nunca se melindra.