sábado, junho 04, 2011

Quando ele finge que é surdo...

Amor, não vai por aí não que está muito engarrafado...

{e ele parece que não te escuta...}

Amor, por favor, estou super atrasaaaaaada...

{e ele continua seguindo pelo mesmo caminho, super focado no trânsito caótico a nossa frente}

Amor, dobra a direita...

{e ele continua na mesma velocidade como quem não está nem aí}

PORRA, vira nessa entrada à direita, CACETE!

{pronto, acabou o problema!}

4 comentários:

PRG disse...

Carona não dá palpite !

Thaís Redher disse...

Querida cô-pilôto,nada que um bom palavrão não rsolva né?Sabe eu nunca aprendi a dirigir,eu tenho mêdo,até em parques naqueles carrinhos eu bato,sou uma negação.Mas quando eu era casda com o meu primeiro marido,ele era um motoristA fantástico,mesmo assim ele dava risada,quando estavamos no centro de SAMPA, EU IA PRO BANCO DE TRAZ E ME COBRIA PARA NÃO VER O TRÂNSITO,E HOJE COM ESSAS MOTOS?EU MORRO DE MEDO, NÃO TENHO NOÇÃO DE ESPAÇO,MAS EU ADOREI O SEU JEITINHO E AI O JEITÃO...E HOMEM ODEIA PALPITE,VOCÊ SABE DIRIGIR?

Rebecca Leão disse...

PRG, no carro de tiozão do meu marido sem GPS, eu dou pitaco sim... ainda mais quando estou atrasada...

Rebecca Leão disse...

Thais, eu não dirijo, nunca dirigi. Sei que isso é um problema sério, que eu já tenho idade pra coisa. Mas, fazer o quê? Não tenho paciência para o stress que é dirigir nessa cidade de loucos...