segunda-feira, abril 19, 2010

Viagem ao Centro do Universo

Eu deveria estar fazendo as malas. Mas, ao contrário, estou aqui, tentando pôr todas as idéias que me invadem a cabeça pra fora, como que se assim eu conseguisse acalmar meu coração. Digito freneticamente com os meus quatro dedos (os indicadores e os médios, e melhor não faço), com medo de perdê-las, as idéias...

Amanhã, estou indo a San Diego, US. Isso, se o vento e a fumaça do furacão permitirem. Sinto que esta viagem será mesmo uma viagem... ao centro do Universo, da Terra, do meu interior, como você quiser. Um tempo pra pensar, no meio da correria do dia-a-dia. Não fosse pela mala pesada que eu vou provavelmente carregar, seria um tempo de descanso pro corpo, enquanto que a alma e o espírito estariam a mil por hora.

Das coisas e pessoas a quem sou apegada, tenho que te confessar, não consigo me livrar do travesseiro. Vou com ele na mala. Às vezes, me pego pensando que um dia a mala pode extraviar e o que haverá de mais valioso será o meu travesseiro velhinho, o único com o qual eu consigo ter uma boa noite de sono. Bate na madeira: toc toc toc.

Dos cheiros, e gostos, e vozes, e faces de que vou sentir falta, algumas vão comigo, em fotos do celular, ou na memória. E o fuso horário atrasado em cinco horas vai tornar o meu exílio ainda mais contundente: quando eu quiser reforçar a gravidade da saudade, lembrarei que os meus queridos estarão dormindo no momento em que eu estiver recolhida no hotel, fazendo o balanço do dia.

E com isso, terei que pensar em alternativas. Talvez escreva mais neste blog. Talvez me descubra como boa companhia e goste de estar SÓ comigo. Talvez reflita mais sobre a minha vida, sobre os meus amigos, sobre os meus amores. Talvez volte com mais vontade de dizer "eu-te-amo" e de trocar escassos momentos de afeto por uma alegria permanente.

Talvez essa viagem interior sirva para que eu me reinvente. E talvez seja disso, e só disso, que eu esteja precisando agora.

Seja como for, espero que você descubra junto comigo esse 'adorável' mundo novo.

Trilha sonora:

3 comentários:

Letícia disse...

A alegria... você pode buscar lá dentro de você. Você a conhece. Será apenas um reencontro.
Beijos emocionados.

PRG disse...

Então só podemos marcar um almoço quando?
Bjs

Lorena Previtali. disse...

Concertea voltará outra pessoa, talves mais intensa, talves mais emotiva pela saudade, pela falta dos cheiros,sabores e faces familiares.

Boa sorte e boa viajem (;